Eventos

Calendário de eventos

abr
20
sex
2018
12º Congresso da Federação Mundial de Medicina Nuclear e Biologia
abr 20 – abr 24 dia inteiro

O presidente da Sociedade Paranaense de Cardiologia e diretor geral da Quanta Diagnóstico e Terapia, João Vítola, é um dos palestrantes convidados para o 12º Congresso da Federação Mundial de Medicina Nuclear e Biologia, que acontece entre os dias 20 a 24 de abril, em Melbourne, na Austrália.

O evento, que conta com especialistas de renome mundial, discute as principais novidades e estudos na área de medicina nuclear em suas aplicações cardiológicas e oncológicas. Vítola ministrará palestras sobre estratégias e protocolos para identificação de risco do infarto do miocárdio e/ou morte cardíaca, apresentando pesquisas e protocolos inovadores que estão sendo desenvolvidos em Curitiba.

Entre os temas que serão abordados pelo cardiologista estão resultados de uma das pesquisas feitas na capital paranaense em parceria com a Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas, que teve a cooperação de 65 países, com o objetivo de otimizar os protocolos de investigação da doença cardíaca minimizando a exposição à radiação nos exames (Estudo INCAPS). Ainda serão apresentados dados preliminares de pesquisas desenvolvidas atualmente em parceria com outros 37 países, patrocinadas pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, que avaliam os potenciais benefícios de tratamentos de revascularização do miocárdio dirigida pela imagem nuclear (Estudo ISCHEMIA).

abr
23
seg
2018
I Simpósio de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Zona da Mata Mineira @Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – FCMS/JF (Anfiteatro)
abr 23 – abr 24 dia inteiro

O estudo das doenças infecciosas e parasitárias é fundamental, pois, essas patologias são frequentes na população mundial. E com a globalização, acabaram as fronteiras e o mundo se tornou menor devido à rápida movimentação de pessoas e, consequentemente a disseminação de doenças infecciosas se tornou facilitada.

Vendo a necessidade crescente do estudo das doenças infecciosas e parasitárias, acadêmicos da Faculdade Suprema se uniram para promover o I Simpósio de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Zona da Mata Mineira, que será realizado nos dias 23 e 24 de abril, em Juiz de Fora (MG).

Este evento será aberto aos profissionais e acadêmicos de medicina, enfermagem, fisioterapia, ciências biológicas, nutrição, farmácia e áreas afins, sendo estimada a participação direta de 210 pessoas no Simpósio, de Juiz de Fora e região.

abr
24
ter
2018
2º Encontro do Dia da Voz @Hospital Erasto Gaertner - Auditório 1
abr 24@8:30 – 17:00

Em comemoração ao Dia da Voz, o Hospital Erasto Gaertner promove em 24 de abril o 2º Encontro do Dia da Voz, com uma programação especial de palestras abertas ao público. O evento tem como objetivo promover a conscientização da população sobre a importância da voz para a promoção da saúde, além de alertar sobre o diagnóstico precoce de doenças como o câncer de laringe.

Entre os temas das palestras ministradas pelos especialistas estão desde “O que as dificuldades de fala podem comunicar?”, até “Os Direitos do Paciente Oncológico”, além da “Atuação da Fonoaudiologia no Câncer de Cabeça e Pescoço”, entre outros.

Para encerrar o 2º Encontro do Dia da Voz, os participantes  assistirão ainda a uma bela apresentação do Coral de Laringectomizados Totais, ERASTO CANTA. “O Coral Erasto Canta teve origem em um grupo de apoio de pacientes laringectomizados. É um trabalho integrado dos serviços de Fonoaudiologia, Social e de Psicologia do HEG, que resultou na reabilitação e na ressocialização de seus integrantes. São exemplos de superação que mostram o sucesso de um trabalho feito com muito profissionalismo e amor”, explica Camila Molento, fonoaudióloga responsável do Serviço de Fonoaudiologia do Hospital Erasto Gaertner.

Anestesia Opioid Free
abr 24@13:00

O Instituto de Ensino e Pesquisa viValle foi criado em 2005 como um departamento do Hospital viValle, e promove encontros científicos na área da saúde através de cursos de aperfeiçoamento, palestras, conferências e outras atividades educativas.

Além das reuniões clínicas dos diferentes núcleos de especialidades, o IEP oferece diversos eventos para médicos e profissionais da saúde.

13h – Acompanhamento de Procedimento Cirúrgico

Centro Cirúrgico Hospital viValle – Av. Lineu de Moura, 995 – Jd. Urbanova – São José dos Campos (SP)

19h30 – Aula “Anestesia Opioid Free”

Le Palmier Restaurante – Av. Heitor Villa Lobos, 821 – Vila Ema – São José dos Campos (SP)

Público Alvo: médicos

Apresentação: Dr. Luiz Fernando dos Reis Falcão – Especialista em Anestesiologia e Cirurgia Geral; Professor Adjunto e Chefe do Serviço de Anestesia da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Medicina Intensiva da Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP); Sócio-Diretor e Diretor Científico do Grupo de Anestesiologistas Associados Paulista (GAAP); Responsável pelo serviço de gestão em Anestesiologia da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo (Unidade Santana e Ipiranga), Hospital BP Mirante e OSS SPDM Hospital Geral de Pereira; Vice-Diretor Científico da Sociedade de Anestesiologia do Estado de São Paulo (SAESP); Membro da SBA, SAESP, American Society of Anesthesiology (ASA), European Society of Anaesthesiology (ESA), American Thoracic Society (ATS), World Association for Disaster and Emergency Medicine (WADEM) e American Medical Writers Association (AMWS).

Vagas limitadas (necessário confirmar de presença).

Diagnóstico de Meningite/Encefalite com o sistema Biofire FilmArray @On-line
abr 24@17:00

Tecnologias de diagnóstico rápido tornaram-se ferramentas essenciais na gestão da saúde, tanto no setor público quanto no privado, em hospitais e laboratórios, uma vez que a aplicação da terapia correta evita o uso indiscriminado de antibióticos nos pacientes e, em alguns casos, ajuda a diminuir o tempo de internação.

A abordagem sindrômica é um dos nichos que recebem investimento da bioMérieux, empresa francesa líder mundial em diagnóstico in vitro, que oferece no Brasil uma solução voltada ao diagnóstico rápido, o Sistema FilmArray, desenvolvido pela Biofire.

O equipamento é capaz de detectar e diferenciar, em apenas uma hora, por meio de painéis, vírus, bactérias, protozoários e fungos que causam dezenas de doenças. O mais novo painel aprovado pela Anvisa é o FilmArray Meningitis/Encephalitis Panel. O sistema identifica em até uma hora 14 tipos de agentes causadores de Meningite e Encefalites, sendo 6 bactérias, 7 vírus e 1 fungo, direto da amostra de clínica de líquor.

Em comparação com testes convencionais, a tecnologia do FilmArray possibilita reduzir o tempo para obtenção dos resultados, em alguns casos, de 4 a 21 dias para apenas 1 hora.

Para difundir essa tecnologia entre os profissionais de saúde, a bioMérieux irá realizar, no dia 24 de abril, Dia Mundial de Combate à Meningite, o webinar em português “Diagnóstico de Meningite/Encefalite com o sistema Biofire FilmArray”.

O convidado será o Dr. Gustavo Bruniera, Médico Especialista em Patologia Clínica e Medicina Laboratorial e Diretor Operacional do Senne Liquor Diagnóstico Brasil.

O webinar será uma oportunidade de ouvir um líder internacional em diagnóstico de abordagem sindrômica, discutir diferentes aplicações clínicas do painel FilmArray, assim como o impacto na qualidade de vida dos pacientes, além de reconhecer o impacto do diagnóstico molecular rápido no fortalecimento de programas de gestão de antimicrobianos.

abr
25
qua
2018
I Fórum Brasileiro de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde @Hotel Meliá Paulista
abr 25 – abr 26 dia inteiro

A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde – ABRAIDI – promoverá, pela primeira vez na sua história, um evento inteiramente voltado para um amplo debate sobre a importância dos importadores e distribuidores para o setor de saúde e os desafios comuns a todos os players deste segmento.

O I Fórum Brasileiro de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde será em 25 e 26 de abril, em São Paulo (SP), e tratará de temas como as distorções e desperdícios em saúde que afetam a toda a sociedade, modelos de pagamento baseados em valor, questões tributárias na saúde, tecnologia, compliance, questões regulatórias, entre outros. Irão participar as principais autoridades e líderes de associações coirmãs do setor, de órgãos reguladores e governamentais, parlamentares, advogados especializados e entidades de classe.

Na abertura do evento, o presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha, irá apresentar o estudo “O ciclo de fornecimento de produtos para saúde no Brasil”. “O setor de saúde precisa discutir os seus problemas para buscar soluções comuns e o Fórum da ABRAIDI foi idealizado para propiciar esses debates com os integrantes do nosso segmento”, explica Sérgio Rocha.

O I Fórum Brasileiro de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde tem o apoio da Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS – e do Instituto Ética Saúde.

III Simpósio Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente @FECOMERCIOSP
abr 25 – abr 27 dia inteiro

Acontece de 25 a 27 de abril o III Simpósio Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente, promovido pelo IBSP (Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente). Na ocasião, a Organização Nacional de Acreditação (ONA) iniciará as inscrições para o 3º Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde (www.ona.org.br/Agenda/294/3-Seminario-Internacional-de-Seguranca-do-Paciente-e-Acreditacao-em-Saude). O evento acontecerá em outubro, em São Paulo, com nomes importantes do setor de saúde do paciente no Brasil e no mundo.

“É com grande satisfação que já iniciamos as inscrições para o encontro que discutirá a segurança do paciente, apresentando problemas práticos e formas de superá-los. Este ano teremos palestrantes que mostrarão tendências mundiais e experiências consolidadas. Em breve teremos mais novidades”, conta Dr. Cláudio Allgayer, presidente da ONA.

3º Febracan Day – “Um olhar para o futuro” @Hotel Transamérica
abr 25@8:00 – 20:00

Debater as melhores práticas do setor, antecipar tendências e avaliar o impacto da tecnologia sobre a atividade, são os objetivos do 3º Febracan Day, promovido pela Federação Brasileira de Cooperativas de Anestesiologistas, que congrega as principais cooperativas de anestesiologistas do País.

O evento, que ocorrerá em 25 de abril, em São Paulo (SP), reunirá nomes como Fábio Gandour, responsável pela implantação do primeiro laboratório de pesquisas da IBM no Brasil, Enis Donizetti Silva, anestesiologista do Hospital Sírio-Libanês e Eduardo Lamy, responsável pelo programa de compliance da Federação, dentre outros palestrantes.

Tema que ainda é pouco familiar para a maioria dos brasileiros, o compliance vem ganhando força no país, mas já é uma realidade entre as cooperativas de anestesiologistas. O programa de compliance concorrencial da Febracan foi aprovado em novembro de 2017 e por meio dele a entidade começou a promover a cultura da cooperação entre os profissionais, além de boas práticas de gestão das cooperativas.

“O programa da Febracan é um modelo de compliance concorrencial para cooperativas e o Febracan Day ajuda a na disseminação desta nova cultura”, comenta Eduardo Lamy, especialista na área e um dos palestrantes do evento.

Uso da informação e da tecnologia como aliadas na melhoria da qualidade e segurança do paciente @FECOMERCIOSP
abr 25@9:00

De acordo com o Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar no Brasil de 2016, cerca de 830 brasileiros morrem diariamente em hospitais públicos e privados por erros evitáveis, reconhecidos no segmento de saúde de eventos adversos. Esta é a segunda maior causa de morte no Brasil. Fica atrás apenas das doenças cardiovasculares.

Eventos adversos também geram sequelas que comprometem a rotina do paciente, causam sofrimento psíquico, criam insegurança sobre os sistemas de saúde e geram custos assistenciais desnecessários. O Anuário indica que, dos 19,1 milhões de brasileiros internados em hospitais ao longo de 2016, 1,4 milhão foram vítimas de falhas.

Artigo publicado no volume 17 da edição 3 da revista Value in Health, disponível no ClinicalKey, e publicada pela Elsevier, mostra em estudo com cerca de 400 médicos, enfermeiros e paramédicos dos segmentos públicos e privados de Karashi, no Paquistão, que 90% dos profissionais acreditam que erros médicos são comuns. Mais de 50% testemunharam erros médicos. Oitenta por cento da população pesquisada experimentou um erro médico. Aproximadamente metade dos participantes acredita que os erros médicos não são relatados com frequência no seu país.

A variabilidade no sistema de saúde pode ser operacional – como uma dosagem de medicamento ministrada errada pela confusão da letra do médico. Pode ser também variabilidade de conhecimento em que os profissionais não sabem ou não lembram o suficiente para tomar a melhor decisão ou realizar o melhor tratamento. Quantos casos de febre amarela foram diagnosticados erradamente como sinusite, enxaqueca, dengue, no surto recente da doença no Brasil?

A tecnologia e as Soluções Avançadas de Apoio a Decisão Clínica (ACDS, sigla em inglês) são definitivas para colaborar com a mudança deste cenário, pois ajudam a evitar os erros operacionais e de conhecimento. As ACDS fornecem informações atuais, confiáveis e baseadas em evidências diretas no ponto de atendimento a médicos, enfermeiros, profissionais de saúde no geral e pacientes. Assim, as melhores práticas podem ser adotadas e os exames e procedimentos desnecessários podem ser evitados em toda a jornada do paciente. As ferramentas ACDS, preferencialmente integradas ao prontuário eletrônico, permitem aos profissionais de saúde a reduzir drasticamente os erros médicos evitáveis.

Institute for Healhcare Improvemente (IHI) relata que 16 de cada 100 diagnósticos são incorretos e que de 20 a 50 de cada 100 procedimentos diagnósticos não deveriam ser realizados, porque seus resultados não contribuem para diagnosticar a doença ou definir o tratamento.

A Elsevier estará no III Simpósio Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente, realizado pelo IBSP, que ocorre em São Paulo (sp), entre os dias 25 e 27 de abril, trazendo novidades em ACDS que prometem mudar o panorama da saúde no Brasil. Um conjunto das melhores e mais atuais praticas em português – criadas ou localizadas para o Brasil – e que podem ser usadas por todos os profissionais, sem a restrição do idioma. Integradas ao fluxo de trabalho dos profissionais, elas surgem como air bags no momento do acidente. Aparecem para salvar o profissional com alertas que garantem o diagnóstico, exames e cuidado ideal sejam seguidos – sem sacrificar o paciente e a família.

Adotada pelos principais serviços de saúde nos EUA, Europa, América Latina e Austrália, e agora em português no Brasil, o Order Sets vem demonstrando um impacto direto na redução do tempo de internação e aumento na eficiência de TI. São protocolos clínicos em formato de prescrição que permitem a padronização do atendimento, de acordo com as melhores práticas e baseadas em evidências. Facilmente integrado ao prontuário eletrônico, ele adapta-se às necessidades de cada instituição, organizando o fluxo de trabalho e usando terminologias específicas do hospital.

A Elsevier também traz para o evento pela primeira vez no Brasil, e em português, o Care Planning, a mais adotada solução pronta para o planejamento e transição de cuidados entre equipes interprofissionais dos EUA, também consideradas pelas principais organizações de saúde na Europa, Oriente Médio e América Latina. Um meio eficiente de reduzir a variabilidade, garantindo a coordenação de cuidados interdisciplinares e otimizando o investimento no prontuário eletrônico.

Não apenas o paciente, mas todos os provedores de saúde se beneficiam das ACDS. O Brasil conta com mais de 2 milhões de profissionais da enfermagem, por exemplo, com acessos a diferentes formações. Muitas vezes cabe ao hospital treinar e oferecer conteúdo de qualidade e baseado em evidências para a consulta e estudo destes profissionais.

O grande destaque do Simpósio fica para o lançamento do Nursing Skills, que apesar do nome em inglês, é totalmente brasileiro e feito por especialistas locais. É uma solução de suporte à enfermagem que ajuda o hospital (e a universidade também) a preparar e manter os profissionais atualizados e engajados, pois apresenta o passo a passo e vídeos dos procedimentos de enfermagem, visando à segurança do paciente e a qualidade na assistência. A ferramenta será apresentada também em primeira mão no evento

O Nursing Skills colabora na redução de riscos e custos, na organização e disseminação de treinamentos e atualizações, sendo acessível em todos os dispositivos móveis, e ainda oferece dados analíticos sobre a performance da equipe de enfermagem.

“A enfermagem não pode ser ignorada e representa um desafio no Brasil. As batas verdes respondem em média por 40% dos custos de um hospital. São elas que estão no dia a dia do paciente e que cuidam e educam em grande parte do tratamento até o fim, na alta. São com elas que nós e nossos parentes ficamos a maior parte do tempo. O foco da Elsevier é garantir que o paciente esteja no centro do cuidado e que cada fase de sua jornada (prevenção, diagnóstico, tratamento e cuidado em casa) aconteça da forma mais eficiente, segura, confiável e agradável para o paciente e sua família. E que as instituições de saúde possam contar com uma padronização do atendimento nível mundial – fazer mais e melhor por menos, evitando desperdícios e erros. A enfermagem tem um papel fundamental e vamos ajudar as instituições a apoiar a enfermagem para que ela possa melhorar a qualidade e segurança do paciente em sua jornada”, explica Claudia Toledo, diretora de Clinical Solutions da Elsevier.

Workshop

A Elsevier também apresenta durante o Simpósio o workshop Uso da informação e da tecnologia como aliadas na melhoria da qualidade e segurança do paciente, ministrada por Robert Nieves e Lais Junqueira. Os executivos demonstram como a informação e a tecnologia podem ser aliadas na melhoria da qualidade e segurança do paciente; como ferramentas de apoio à decisão clínica melhoram os resultados para os pacientes e os 3 desafios principais do dia a dia do profissional de saúde. Os participantes terão a possibilidade de interagir e resolver problemas com as soluções Order Sets, Care Planning e com o novíssimo brasileiro Nursing Skills. A apresentação acontece em 25 de abril.

Palestrantes

Robert Nieves, JD, MBA, MPA, BSN, RN – Global Vice President of Health Informatics da Elsevier Clinical Solutions

Robert é responsável por liderar a integração global e a otimização das soluções da Elsevier em plataformas HIT (Healthcare Information Technology), com 28 anos de experiência clínica como enfermeiro especialista em terapia intensiva, serviços de emergência, cuidados de longo prazo e home care. Robert tem 15 anos de experiência direta em informática clínica tanto no design quanto na integração de conteúdo baseado em evidências em vários prontuários eletrônicos do paciente.

Sua liderança no campo interdisciplinar da informática para a saúde se desenvolveu através da gestão de implementações em HIT com soluções para prontuários eletrônicos, com habilidade comprovada em entregar soluções de workflow para o próximo nível que aprimoram os resultados clínicos e a produtividade no ambiente de trabalho.

Lais Junqueira – Global Quality and Safety Specialist da Elsevier Clinical Solutions

Laís Junqueira é Especialista em Qualidade e Segurança para Soluções em Saúde na Elsevier. Laís presta assessoria estratégica a organizações sobre informações baseadas em evidências podem melhorar a segurança do paciente e os resultados clínicos e como as soluções Elsevier podem capacitar os profissionais de saúde em seu caminho para fornecer cuidados de alta qualidade e segurança. É autora de um respeitado artigo sobre o empoderamento de profissionais de saúde na adoção de sistemas para maximizar o cuidado seguro e de alta qualidade ao paciente

Antes da Elsevier, Laís se destacou por seu trabalho com organizações para a jornada de Melhoria da Qualidade e Paciente Segurança como consultor linguístico entre hospitais e Joint Commission International (JCI) no Brasil. Ela liderou a tradução do JCI Acreditation Standards projetos e como intérprete, tiveram a oportunidade de trabalhar em estreita colaboração com os pesquisadores da JCI e hospitais durante as pesquisas de acreditação. Esta experiência ajudou-a compreender a importância e os desafios de manter altos padrões de qualidade em segurança do paciente.

Segurança do paciente na coleta de sangue para fins diagnósticos @Sindribeirão - Auditório (Sala 51)
abr 25@16:00 – 20:00

Atento à importância de prevenir falhas e promover a segurança do paciente na coleta de sangue o SindRibeirão – Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de Ribeirão Preto promove o curso “Segurança do paciente na coleta de sangue para fins diagnósticos”, no dia 25 de abril.

No curso serão abordados processos para garantir a segurança e o conforto do paciente e técnicas que visam resultados com mais precisão e credibilidade. Segundo especialistas, é importante que haja uma sistematização da fase pré-analítica – aquela que corresponde ao pedido do exame, preparação do paciente, coleta, transporte e preparação, principalmente, do processo de coleta, para evitar falhas, retrabalhos, desperdícios de amostras e de reagentes.

Para coordenar o evento, o SindRibeirão traz a enfermeira Suzimara Aparecida de Oliveira, consultora em Medicina Laboratorial e com experiência em gestão de enfermagem. Suzimara também é integrante do comitê de qualidade da SBPC/ML – Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e auditora em Sistemas de Gestão da Qualidade. Ela abordará a segurança do paciente na fase pré-analítica, técnicas para coleta de sangue, prevenção de erros pré-analíticos e pós-coleta e acondicionamento de materiais biológicos.

O evento é voltado para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem, farmacêuticos, biomédicos e profissionais atuantes na área pré-analítica.